Devaneios

Não vejo mais futuro,
O passado escureceu,
O presente ficou só no desejo de estar...

Eu tentei dar um rumo
Pra minha vida que não
Fosse a solidão.
Tentei te manter ao meu lado,
Apesar de isso te fazer sofrer.

Eu não quis enxergar a verdade,
Não porque estivesse cego,
Mas porque a verdade era doída demais.
No fundo eu sempre soube que vivia
Uma ilusão.

Não quero mais desejar
Que você sofra
Pra ficar perto de mim.
Não posso mais esperar que você
Fique carente pra que queira
Um carinho meu.

Não vejo mais futuro,
O passado escureceu,
O presente ficou só no desejo de estar...

No desespero das árvores paradas
Busquei consolação.
Tudo em mim sofre.
Busco me distrair passeando
Nas noites lindas de verão.

Quando dez passos nos separam,
Nove é apenas a metade do
Caminho que terei que percorrer
Pra poder chegar onde eu não quero estar.

Não vejo mais futuro,
O passado escureceu,
O presente ficou só no desejo de estar...

Triste é a pessoa que tem
Esse sentimento como eu.
A minha realidade é uma espécie
De voz que se movimenta
Pra poder ficar marcada no teu pé.

Não vejo mais futuro,
O passado escureceu,
O presente ficou só no desejo de estar...

Eu vivo sempre com os meus olhos-d’água
Que vivem aos olhares descontínuos.
Encontro-me neste lugar ermo,
Cantando loas pelo caminho.

Não precisaria você me prometer a lua
Ou um dos anéis de Saturno,
Bastaria se sentar comigo por um instante
E este momento se tornaria mágico
E me daria o poder de ler mentes
E de adivinhar os seus desejos.

Hoje, não tenho mais futuro,
Não posso ver o passado,
Desejo estar no presente que se foi...

Por: Silvon Alves Guimarães
http://www.silvonguimaraes.blogspot.com/

Comentários

  1. 100 palavras...........................

    ResponderExcluir
  2. OI SILVON!
    UM AMOR DESFEITO CAUSANDO MUITA DOR, E PROCURANDO UM LENITIVO PARA CONTINUAR...
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Valeu! Sua presença é Bem Vinda!

Postagens mais visitadas deste blog

Propostas de Exercícios do livro "O Cortiço".

ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. Filosofia da Educação. São Paulo: Moderna, 1996. pp. 14-76. (Fichamento e Resenha)

LUCKESI, Cipriano Carlos. Filosofia da Educação. São Paulo: Cortez, 1990. (Fichamento e Resenha)