terça-feira, 20 de setembro de 2011

Mil Vezes Você

Se eu tivesse que escolher
Entre todo ouro do Mundo e Você,
Pra quê eu iria querer Ouro?
Escolheria Você, mil vezes Você!

Sempre fui apaixonado por Música.
Mas nunca tive o dom musical.
Se me oferecessem o dom musical ou você,
Eu ficaria com o seu sapateado à castanhola.
Você é a Música que gosto de ouvir.

O brilho do Sol me faz lembrar você.
Você aquece o meu coração,
Tem um brilho intenso,
Clareia meu caminho,
Sustenta-me,
Faz com que a vida seja Simples e Perfeita.

Pudera eu nesta manhã
De Sol brilhante e Intenso
Poder contemplar seu rosto,
Poder sentir seu cheiro,
Tocar sua pele macia,
Beijar sua boca,
Ouvir seu coração.

Escolho mil vezes você!
Se o Ouro perder seu valor
Você ainda continuará valiosa.
Se a Música se fundir com o silêncio
Ainda poderei Ouvir você.
Se o Sol deixar de brilhar
Você ainda irá me iluminar.

Se meu silêncio não lhe disser nada
Então minhas palavras serão inúteis.
Assim como a cor do Sol
É idêntica a cor do Ouro
Formando uma junção perfeita
Você é meu Sol,
Valiosa como o Ar,
Preciosa como um Tesouro,
E eu sou seu Mar(l).

Por: Silvon Alves Guimarães





















Nenhum comentário:

Postar um comentário

Valeu! Sua presença é Bem Vinda!

VIGIAR E PUNIR. MICHEL FOUCAULT. RESENHA

Michel Foucault Vigiar e punir – Nascimento da prisão FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir : nascimento da prisão; tradução Raquel Ramalh...