quarta-feira, 25 de abril de 2012

Prefiro Você

Oi!
Sabe esses dias em que
A gente se sente
Sozinho,
Esses dias em que o
Coração se resume a cacos,
Pedacinhos.
Alguns não agüentam e
Procuram consolo no
Vinho.
Mas eu prefiro continuar
Sangrando e esperando pelo seu
Carinho.

Olá!
Tem dias que
A gente se sente
Eufórico,
Fica cantando pro mundo,
Alegre com tudo,
Bucólico.
Alguns não se seguram, fazem o que
Não deviam e ficam depois
Melancólicos.
Mas eu prefiro me conter,
Prefiro ficar pensando em você,
Admirando toda essa arquitetura
Do Gótico.

Sozinho...
Pedacinhos...
Vinho...
Carinho...
Eufórico...
Bucólicos...
Melancólicos...
Gótico.

Gótico/sozinho...
Melancólicos/pedacinhos...
Bucólicos/vinho...
Eufórico/carinho...

Mas eu prefiro você,
Porque você sempre
Faz-me sentir sozinho,
Desfrutando de todo o seu carinho.
Faz-me sentir como se estivesse
Tomando um bom vinho.
Você tem o poder de
Juntar os meus pedacinhos.

Prefiro sempre você
Porque quando me sinto
Ultrapassado
Como se eu fosse construção
Do estilo Gótico,
Quando me sinto melancólico,
Vem você,
Com seu jeito bucólico,
E me faz sentir,
Assim,
Tão eufórico.

Por: Silvon Alves Guimarães


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Valeu! Sua presença é Bem Vinda!

VIGIAR E PUNIR. MICHEL FOUCAULT. RESENHA

Michel Foucault Vigiar e punir – Nascimento da prisão FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir : nascimento da prisão; tradução Raquel Ramalh...