Postagens

Reinhart Koselleck - Futuro passado: contribuição à semântica dos tempos históricos - resenha

KOSELLECK, Reinhart. Futuro passado: contribuição à semântica dos tempos históricos; tradução do original alemão Wilma Patrícia Maas, Carlos Almeida Pereira; revisão da tradução César Benjamin. Rio de Janeiro, RJ: Contraponto: Ed. PUC-Rio, 2006.
Apresentação:
Historie, termo alemão para História, era usado, até a metade do século XVII, para descrever os eventos isolados que poderiam servir como guia ou modelo para situações atuais. Como exemplo, podemos citar a história de Florença, a história da Igreja, a história das Guerras e assim por diante. Até essa época, entendia-se que a experiência humana do passado estava fundamentada em um saber ético do presente.
O termo, historie, sofreu uma mudança, de acordo com as transformações da sociedade humana, durante o Iluminismo, referentes às relações do homem com o tempo, em especial a relação passado-presente. Desta forma, em vez de historie, o termo que passou a ser empregado foi Geschichte, que basicamente designa uma sequência unificada de…

VIGIAR E PUNIR. MICHEL FOUCAULT. RESENHA

Michel Foucault Vigiar e punir – Nascimento da prisão
FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir: nascimento da prisão; tradução Raquel Ramalhete. 40. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2012.
“Meu Deus, tende piedade de mim! Jesus, socorrei-me! ”
Um apelo assim certamente procede de um ser que se encontra em extremo desespero. De fato, os gritos aterrorizados, vinham de Robert-François Damiens, condenado por parricídio, no ano 1757. Damiens vivia em Paris, na época dos suplícios, que eram castigos infligidos a quem cometesse algum delito. A sentença de Robert-François foi: ter a carne dos mamilos, dos braços, das coxas e da barriga das pernas arrancada com tenazes; a mão direita (segurando a faca que serviu como arma do crime) queimada com fogo de enxofre; as feridas cobertas com chumbo derretido, óleo fervente, piche, cera quente e enxofre; o corpo puxado e desmembrado por quatro cavalos; o cadáver reduzido a cinzas e elas espalhadas aos quatro ventos.
Certamente essa punição não era para ser vista por q…